sexta-feira, 20 de março de 2009

15 beautiful years

Tenho consciência de que falar/escrever frequentemente sobre o cão, sendo mãe de um LINDO rapaz de quase 24 anos, e elemento de uma família numerosa sobre a qual nunca escrevo, pode parecer injustiça e hipocrisia. Acontece que o filhote não acha particular piada ao facto de a mãe andar a contar a vidinha num blog, pelo que dispensa ser mencionado. Assim pensa a restante família (excepto o meu pai que tem blog )

Já em nome do Doggy João (que também tem blog), posso escrever à vontade. Não se importa, desde que possa estar bem encostado a mim enquanto o faço (...é o caso) .

Falando então dele:
Não tenho nenhum orgulho em afirmar que o comprei, apesar de achar ter sido o dinheiro mais bem gasto da minha vida. Apesar de assim ter sido, foi ele quem me "alertou" para o facto de não ser preciso pagar para ter todo o afecto que estes seres são capazes de dar. Direi até que me envergonho por tê-lo feito, mas não conhecia em detalhe as muitas alternativas ao dispôr.
O 15º aniversário (que completou hoje) não foi tão agradável quanto podia, uma vez que o "presente" que recebeu foi uma limpeza oral que muito lhe custou fazer, atendendo a que, devido à idade, esteve sempre apenas ligeiramente anestesiado. Enquanto ele já deve ter esquecido, por mim, está decidido: não é para repetir.

Apesar de gozar (até ao momento) de excelente saúde, a idade vai avançada e raro é o dia em que não equacione como vou reagir quando "o momento" chegar, e como vou ter que reaprender a viver sem ele.

Posso parecer piegas, mas é assim que o adoro!

13 comentários:

Micas disse...

Fizeste-me lembrar uma cocker que tive e que morreu envenenada...nem imaginas o que sofri, jurei não mais querer animais apesar de gostar imenso de cães e gatos não quero ter mais nenhum.
Obrigada pelo sêlo, és uma querida, ah, e parabéns ao Doggy João :D)

Beijos

Smootha disse...

Compreendo isso tão bem...
Eles entram com facilidade nas nossas vidas.
Obrigada pela visita.
Bjs

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Tem selo pra você no blog, espero que goste.

=]

-

By myself disse...

Acho que para já me recuso sequer a imaginar. Deve ter sido mau demais. Também acho que não quero assumir novo compromisso um dia que ele parta, pois dedico-me demais.

Beijinhos

By myself disse...

Smootha:

Entram fácil, sim, A partida deve ser devastadora.

Beijinhos

By myself disse...

Rebeca e JotaCê:

Vou lá buscar, sim.
Obrigada e um beijinho para vocês.

TeddyLover disse...

Fiquei arrepiada. Entendo-te perfeitamente. Que se continuem a fazer felizes.
Tens outro miminho lá no meu cantinho...se é que não recebeste já, ou vais receber.
Bjo

Carla disse...

não é piegas não...é sentimento e lindo!!!!
beijos e parabéns por seres como és

Piloto Automatico disse...

Então parabéns para o bicho, e que te continue a fazer feliz (curioso como uma Mãe tem uma maneira particularmente especifica de escrever, mesmo que seja sobre um cão)
Um beijo grande
F

By myself disse...

TeddyLover:
Sei que me entendes...
Sim, já recebi o miminho. De qualquer forma, obrigada.
Beijinho

By myself disse...

Carla:

E mesmo e é crescente, o que não deixa de me preocupar.

Beijinho

By myself disse...

Piloto:
São responsabilidades diferentes, sentimentos diferentes, de intensidade próxima (se possível quantificar).
Beijinhos

Anónimo disse...

Ola amiga!
Parabens pro Doggy a minha Nina e que deveria conhecer-lo, um dia ainda temos que os apresentar,fazemos-lhes um cyberwedding, lol e melhor nao dar ideias, que ainda pega a moda.
Vou tentar te ligar no Sabado.
Jokas pra ti e pro Doggy (da Nina Claro)
CP